teC 630x380 - Técnicas de desobstrução nasal em crianças.

Técnicas de desobstrução nasal em crianças.

As crianças e bebês que sofrem de alergias, sinusites, otites e outras doenças respiratórias produzem grande quantidade de secreção, que se acumula nas vias respiratórias, causando deficiências na respiração.

Com o intuito de minimizar essas deficiências, foram desenvolvidas técnicas chamadas Desobstrução Rinofaríngea Retrógrada (DRR) e Glosso Pulsão Retrógrada (GPR) que obedecem a um comportamento fisiológico básico do organismo e não faz uso de equipamentos.

É indicada para bebês a partir 0 a 3 meses, como forma de higiene nasal da secreção do pós-parto e prevenção das infecções respiratórias, além do alívio para respirar na hora das mamadas e do sono.

Realiza-se a instilação de soro fisiológico nas narinas e com a boca fechada por impulso reativo, à criança é obrigada a inspirar rapidamente pelo nariz. O ar que passa em alta velocidade carrega a secreção para a garganta. O muco deve, então, ser expectorado pela tosse ou engolido e expelido pelas fezes. A técnica é simples e ajuda o organismo a executar uma tarefa que não consegue realizar sozinho devido à grande quantidade de secreção.

Em crianças maiores esta técnica também pode ser realizada, mas o  método é completamente diferente do ato de assoar o nariz, que apenas retirar a secreção superficial e a pressão realizada pressiona o muco interno para regiões mais profundas da face, facilitando o aparecimento de infecções crônicas.

A desobstrução tem importante função preventiva, pois evita que a secreção se acumule, impedindo a proliferação de bactérias e o surgimento de graves infecções.

Comentários

Relacionados

Posted in Fisioterapia Respiratória and tagged , , , , , .