DOENÇAS RESPIRATÓRIAS E O INVERNO

Nesta época do ano, existe um aumento importante na incidência de doenças respiratórias na população como um todo, porém as crianças e os idosos são os mais comprometidos, principalmente os portadores de alergias respiratórias, tais como a asma (bronquite), a rinite e sinusite. As gripes e os resfriados são extremamente comuns, pois no frio, as pessoas ficam em ambientes fechados e muito próximas umas das outras, o que favorece a transmissão dos vírus, que pode ser através de espirros, tosse, saliva etc.

Na região em que vivemos, existem dois fatores importantes que desencadeiam ou agravam os problemas respiratórios: a variação brusca de temperatura e a poluição atmosférica. Principalmente nos pacientes com alergia respiratória, outros estímulos também podem piorar os sintomas, como por exemplo, a exposição ao pó, mofo, pêlos de animais, produtos de limpeza, cigarro, perfumes etc.

Em muitos casos, a rinite e a sinusite podem ser confundidas com um resfriado que não melhora, apresentando espirros, coriza, coceira no nariz e obstrução nasal. A asma se caracteriza por crises de tosse, falta de ar e chiado no peito.

Devemos tomar alguns cuidados para evitar o aparecimento e/ou agravamento das doenças respiratórias, principalmente nos pacientes alérgicos:

-evitar mudanças bruscas de temperatura, como, por exemplo, ficar abrindo a porta da geladeira; pisar com os pés descalços no chão frio; sair de um ambiente aquecido e ir para um ambiente frio (natação).

-retirar as roupas de frio, que estavam guardadas e lavá-las antes do uso, para evitar o contato com o mofo.

-evitar a poeira doméstica, retirando tapetes, carpetes, cortinas, bichos de pelúcia, cobertores de pelo (usar edredons).

-evitar a presença de animais dentro de casa.

-forrar o colchão e travesseiros com capas antialérgicas.

Quando os olhos e o nariz estiverem muito irritados, pode-se fazer limpeza com soro fisiológico várias vezes ao dia, para alívio dos sintomas.

A vacina contra a gripe está indicada no período que antecede o inverno, principalmente nos pacientes com história de alergia respiratória.

Deve-se evitar o uso de medicamentos sem orientação médica, pois um medicamento que é eficaz para uma pessoa, pode não ser para outra. As pessoas devem ingerir muito líquido durante o dia, fazer uma boa alimentação e praticar esportes, pois torna o organismo mais saudável e resistente. Qualquer dúvida procure seu médico para maiores informações.

Comentários
Posted in Alergia.