fbpx
controle ambiental - Dicas para respirar melhor

Como alérgicos podem melhorar a qualidade de vida com cuidados em casa ?

Hoje em dia, as pessoas procuram passar cada vez mais tempo em casa, com a família e os amigos. No entanto para quem tem alergias, se não forem tomados os devidos cuidados, ficar muito tempo em ambientes fechados pode favorecer o aparecimento de crises.

Os principais alérgenos dentro de nossas casas são:

  • Ácaros
  • Resíduos de insetos, como os de baratas
  • Fungos
  • Animais domésticos
  • Fumaça de tabaco

Aprender como eliminá-los ou reduzir o contato pode ajudar a manter sua casa um local seguro para quem tem alergia.

Os ácaros são encontrados seja no ar ou na mobília, onde eles se alimentam de partículas microscópicas de pele humana. Eles se escondem nos sofás e cadeiras forradas, cobertores e colchas, carpetes e tapetes, cortinas, além de bichos de pelúcia e outros brinquedos de tecido. É fundamental forrar o colchão e o travesseiro com capas específicas anti-ácaros.

Se puder, remova os carpetes e use piso de cerâmica ou madeira. Aspirar tapetes, pisos e cortinas toda semana pode ajudar a reduzir a poeira e os ácaros. Se possível, use um aspirador com filtro HEPA, que é o mais eficiente para remover ácaros e outros alérgenos de ambiente.

As fezes das baratas contém os principais alérgenos que desencadeiam as crises. Elas se alimentam das mesmas coisas que os humanos, por isso mantenha comida longe de quartos e salas, locais onde a família passa muito tempo ou dorme. Como as baratas vivem em ambientes úmidos, conserte vazamentos e dê atenção especial a locais que acumulam água.

Os fungos (mofo) são importantes desencadeantes para muitos alérgicos. Em casa, a maioria dos fungos pode ser encontrada em áreas úmidas, como banheiros e porões, por exemplo. Observar gavetas da geladeira, embaixo da pia e paredes atrás de armários.

Se você é sensível aos alérgenos animais encontrados na saliva, descamação da pele e na urina, o ideal é que o animal fique fora de casa. Se isso não for possível, procure deixá-lo numa área restrita. É imprescindível mantê-lo fora de seu quarto e de qualquer outro local onde o alérgico passe muito tempo.

Os pêlos do animal podem ficar presos em tecidos, como a roupa de cama, estofados e tapetes por até 6 meses depois que o animal tenha saído de casa. Por isso, use capas em colchões, travesseiros, edredons e almofadas e troque carpetes por pisos frios ou assoalho de madeira.

A inalação passiva da fumaça do tabaco representa uma grande causa de provocação ou piora das crises, pois é extremamente irritante para a mucosa respiratória. Não deve existir fumantes dentro de casa.

Fatores desencadeantes do quadro respiratório

  • Poluição do ar
  • Alterações do clima
  • Poeira domiciliar
  • Fumo
  • Exercícios físicos
  • Medicamentos – AAS, antiinflamatórios, entre outros, podem desencadear as crises.
  • Aditivos, conservantes e corantes
  • Alterações hormonais – asma da gestante e pílulas anticoncepcionais
  • Irritantes – a inalação de fumaça, perfumes, odores, ar frio, gazes, aerossóis, repelentes de insetos (parede), podem provocar as crises.
  • Fatores ocupacionais – no caso de substâncias irritantes no local de trabalho
  • Refluxo gastro-esofágico – é uma alteração da válvula localizada no estômago que permite o refluxo do líquido para ao esôfago, podendo desencadear problemas respiratórios.
  • Aspectos emocionais – as crises podem surgir em momentos de stress.
  • Alimentos – principalmente leite de vaca, em crianças menores.
  • Infecções – gripes, resfriados, sinusites

O que pode desencadear (ou piorar) crises de alergia respiratória ?

  • Irritantes: A inalação de fumaças, perfumes, odores, ar frio,poluição, gazes e aerossóis, repelentes de insetos (parede), podem provocar crises.
  • Fatores ocupacionais: A asma e rinite podem advir de substancias inaladas em ambiente de trabalho.
  • Refluxo gastro-esofágico: É um processo patológico onde há regurgitação do alimento ingerido do estomago para o esôfago, podendo desencadear a asma, rinite ou sinusite.
  • Aspectos emocionais: as crises podem surgir em momentos de stress.
  • Alimentos: Alguns alimentos podem desencadear crise;

Conheça nossos Especialistas

Controle Ambiental

Reduzir ao máximo possível o contato do paciente com fatores que desencadeiam crises de alergia é o objetivo do controle ambiental, onde os hábitos de higiene devem ser mantidas por toda vida.

Recobrir colchões, travesseiros e almofadas com capas antialérgicas, pois o paciente passa certa de 1/3 do dia sobre eles.

Manter o quarto bem arejado e ensolarado. Evitar mobiliário que possa acumular pó, e as cortinas devem ser lavadas frequentemente

Não permanecer longos períodos em ambientes úmidos e fechados.

Fazer limpeza diária dos cômodos, usando pano úmido (principalmente nas beiradas da cama e nos cantos do quarto). Evite espanadores e vassouras pois espalham o pó.

Evite animais de pelos ou penas dentro de casa. Caso possua, mantenha-os limpos.

Evite inseticidas, evite fumar e demais cheiros forte como perfumes, tintas, ceras.

Agende uma consulta com um de nossos especialistas

Share this...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Buffer this page
Buffer
Email this to someone
email
Secured By miniOrange