puericultura como pode ajudar 720x380 - Como a Puericultura ajuda no desenvolvimento do recém nascido.

Como a Puericultura ajuda no desenvolvimento do recém nascido.

Muitas pessoas não conhecem a puericultura e não sabem que é de fundamental importância para o desenvolvimento do seu filho.

Mas o que é a Puericultura?

A puericultura é a área da saúde que se dedica a proteger e promover a saúde das crianças em desenvolvimento, especificamente o desenvolvimento de recém-nascidos. Tendo como principal característica o acompanhamento integral do processo de desenvolvimento da criança. Envolve também ações pré-natais, compreendendo a criança, sua família e o seu entorno.

 

Sendo uma subespacialidade da pediatria que é de fundamental importância, por que é por meio dela que o pediatra consegue detectar antecipadamente os mais diferentes distúrbios no crescimento, na nutrição e desenvolvimento do recém-nascido.

 

O profissional pediatra acompanha os primeiros meses do recém-nascido, no seu crescimento e desenvolvimento, orientando sobre vacinas, pratica do aleitamento materno, implantação da alimentação complementar e prevenir as desordens que mais afetam as crianças durante os primeiros dezoito meses de vida.

 

Quanto mais nova a criança, mais frágil e vulnerável ela é, tendo a necessidade de consultas mais frequentes ao pediatra. Nas consultas o profissional pede informações de como a criança se alimenta, sobre vacinas tomadas, como ela brinca e interage com seus familiares, higiene e seu dia-a-dia.

 

O acompanhamento do crescimento, através da verificação periódica de peso, altura, e do perímetro da cabeça, são indicadores das condições de saúde da criança. O crescimento está relacionado ao ganho de peso e altura, um fenômeno natural que acaba ao final da adolescência. Já desenvolvimento está relacionado ao aprender, fazer coisas, evoluir, tornar-se independe. Esse é um processo contínuo pela vida toda.

 

O Ministério da Saúde sugere um calendário mínimo de consultas de puericultura.

 

Veja abaixo:

  • 1° consulta até os 15 dias de vida.
  • 2° consulta com 1 mês.
  • 3° consulta com 2 meses.
  • 4° consulta com 4 meses.
  • 5° consulta com 6° meses.
  • 6° consulta com 12° meses.
  • 7° consulta com 18 meses.

Totalizando 7 consultas com dentro do primeiro ano e meio de vida da criança.

 

Os pediatras indicam que, o ideal, sejam consultas mensais no primeiro ano de vida.

 

É importante destacar relacionamento médico/paciente que se estabelece no decorrer das consultas, seja o melhor possível, pois os pais (principalmente os de primeira viagem), estão completamente despreparados e ansiosos diante de tantas dúvidas e medos em relação ao que fazer com o bebê.

 

A fragilidade é intensa e a principal preocupação é saber se estão fazendo tudo corretamente ou não. Portanto, a função do pediatra é tranquiliza os pais, deixando-os seguros para conseguir resolver todas as situações que apareçam pela frente.

 

Conclusão

 

A puericultura é de grande importância no desenvolvimento do seu filho, as consultas regulares podem identificar distúrbios na saúde da criança. O pediatra é a pessoa mais indicada para orientar os pais em relação à saúde de seus filhos. O relacionamento com o médico deve ser o melhor possível para que os pais não fiquem com dúvidas sobre a saúde do seu filho e ele possa crescer saudável.

 

 


Relacionados

Posted in Alergia and tagged , .